quinta-feira, 11 de outubro de 2012


3 comentários:

mara* disse...

Se Antonio Carlos Jobim foi o George Gershwin do Brasil, Luiz Bonfá é o equivalente brasileiro de Cole Porter. Bonfá tem tesouros tanto em português quanto em inglês; dois exemplos são ‘Manhã de Carnaval’ e a encantadora ‘Samba de Orfeu’.

É bom estar de volta Mr. B.

Um grande abraço carinhoso.

MJ FALCÃO disse...

Gostei muito do Luis Bonfá! Obrigada plo comentário tão humano que deixou no meu blog! Saudações amigas! Bom domingo...

Júlio Pessanha disse...

Caro,

Faz muito tempo que não visito o blog, por ter passado um longo período sem muito acesso à internet, mas ele foi e é fundamental para minha cultura musical, pelos vários artistas que conheci aqui. Foi uma surpresa voltar a visitar o Borboletas e uma coisa melancólica até. Que maravilha saber que ainda está no ar! Lembro-me de alguns blogs de jazz que infelizmente sumiram. Queria parabenizar pelo trabalho do Borboletas, pois, mesmo com a dificuldade de tempo e da própria internet, o blog realmente faz a diferença para quem curte esse estilo tão especial de música.

Hoje tenho um acervo modesto, mas adquirido por causa do Borboletas. Se puder, deixo a sugestão de uma atualização de alguns links, para manter sempre vivo esse site. Vocês realmente são demais!

Obrigado