quinta-feira, 22 de setembro de 2011

1997 - Jazz Cinema - VA


Artista: VA
Titulo: Jazz Cinema
Lançamento: 1997
Selo: PolyGram
Genero: Easy Listening, Jazz

Ana descobriu a beleza de Laura no sax-alto de Charlie Parker com orquestra de cordas. Parker gravou Laura em 1950, apenas cinco anos depois de lançada no filme do mesmo nome. Uma melodia bela e misteriosa como a personagem interpretada por Gene Tierney, música de David Raksin, letra de Johnny Mercer. Na busca de matéria-prima para seus improvisos, o jazz sempre se voltou para o cinema. A lista seria interminável, mas existem favoritos. Essa coletânea resgata o que o Jazz tem em sua essência no cinema e de seus grandes interpretes, fazendo uma viagem sem bilhete e nem catraca mas com direito a pipoca e um gosto de quero mais.

Faixas:
01. Quincy Jones - The Pink Panther (Henry Mancini)
02. Anita 'O Day - My Heart Belongs to Daddy (Cole Porter)
03. Clifford Brown - Love is a many splendored things (Webster, Fain)
04. Stephane Grappelli, Michel Legrand - Les parapluies de Cherbourg (Michel Legrand)
05. Louis Armstrong with Ella Fitzgerald - Cheek To Cheek (Irving Berlin)
06. Christian Escoude - When you wish upon a star (Leigh Harline, Ned Washington)
07. Stan Getz - On Green Dolphin Street (Bronislau Kaper, Ned Washington)
08. Billy Eckstine - Laura (David Raskin, Johny Mercer)
09. Ted Heath & His Music - Harlem Nocturne (Hagen, Rogers)
10. Betty Carter - Girl talk (Neal Hefti, Bob Troup)
11. Fred Astaire - The way you look tonight (Jerome Kern, Dorothy Fields)
12. Oscar Peterson - People (Mrrill Styne)
13. Duke Ellington - Stormy Weather (Koehler, Arlen)
14. Bill Evans - Spartacus love theme (Alex North)
15. Betty Carter - My favorite things (Richard Rodgers, Oscar Hammerstein II)
16. Charlie Parker - Laura (David Raskin, Johny Mercer)

Boa audição - Namaste.

2 comentários:

MJ FALCÃO disse...

Lindo! Como vai você, amigo Butterfly?
O Outono chegou por cá e há uma certa melancolia. Bom ouvir as suas músicas.
Namastê
o falcão

Saulo Nunes disse...

seu blog sempre Fabuloso! é o melhor de todos!